Você precisa ver: The Blacklist

série the blacklist 1
A dica de hoje é uma série bem diferente do que eu geralmente indico aqui para vocês. The Blacklist estreou no ano passado, mas eu só vi recentemente. A história começa quando Raymond, um ex-militar do serviço de inteligência e hoje um dos criminosos mais procurados pelo governo, entrega-se aos federais e propõe a eles um acordo: uma lista e a sua ajuda para capturar alguns dos criminosos mais perigosos do país. Para isso ele quer imunidade, mas só aceitará ajudar os federais tratando direta e exclusivamente com Elizabeth Keen, uma profiler novata do FBI.

Elizabeth é uma mulher forte e independente com um passado que se recusa a ser esquecido. Ela foi criada por um pai adotivo e nunca se esqueceu da noite em que seu pai biológico a salvou da morte em um incêndio terrível. Hoje, ela é casada com um professor de série infantil, acaba de ser aprovada para trabalhar como profiler para o FBI e está prestes a adotar um filho. Mas sua vida aparentemente tranquila e sem sobressaltos irá mudar completamente a partir do momento em que for posta frente a frente com Raymond.

Eles aparentemente não tem ligação nenhuma, e Raymond se recusa a explicar essa condição de tratar apenas com Elizabeth e nenhum outro agente. Antes que possa perceber o que está acontecendo, Elizabeth se vê no cerne de algo muito maior do que ela esperava. Algo perigoso do qual não há como fugir. 

Puxa, eu ainda estou simplesmente estupefata com essa série. Eu não sou muito ligada em séries policiais, mas The Blacklist me ganhou logo no primeiro episódio. Raymond é um homem que honra muitíssimo bem sua posição como um dos homens mais procurados pelo governo, um traidor do serviço de inteligência. Com ele, nada é exatamente o que se espera e nunca se está a salvo. Você não consegue, em momento nenhum, ter certeza absoluta do que ele realmente quer com todo o jogo que armou. Além disso, o personagem foi muito bem caracterizado e ele é cheio de um humor irônico que aparentemente o põe acima de qualquer lei, do bem e do mal. Ele tem a índole e o caráter de um criminoso, mas é mais do que isso também. E sua relação com Elizabeth, bem, você simplesmente quer chegar ao fundo disso também.

Para além dos segredos e motivos que movem a série, ela também vem repleta de crimes a ser solucionados e muita ação. Você nunca se cansa ou precisa esperar por muito tempo por uma guinada ou novas ações e crimes simplesmente surpreendentes, loucos e terríveis. Raymond tem o dom de encontrar essa gente nos lugares mais incríveis. Ele tem contatos pelo mundo todo e não mede esforços ou caráter para conseguir o que quer.

Não vou comentar muito mais para não dar o maior spoiler da minha vida, embora eu esteja simplesmente engasgada na vontade de fazer isso. Minhas amigas sabem bem, afinal, acho que eu passei dias comentando sobre essa série com elas e do quanto eu me surpreendi com diversas situações e… personagens. Se você reler a minha resenha, vai perceber que eu usei muitas vezes o “aparentemente”. É isso: em The Blacklist, nada é o que parece. Muita coisa vai surpreender você. Muitos personagens vão surpreender você.

► Quer conhecer outras séries? Clique aqui.

Tags: | |

Sobre o Autor

Inara Souza
Inara Souza

24 anos, interior de São Paulo. É formada em Engenharia Civil e pós-graduada em Arquitetura de Interiores. Criou o Casinha Arrumada para falar das coisas que mais ama e compartilhar histórias. É apaixonada por decoração, livros, músicas e séries de TV. Siga nas redes sociais: Instagram - Facebook - YouTube - Pinterest

5 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.