Série: Under The Dome

Série: Under The Dome é uma adaptação do livro homônimo escrito por Stephen King. A primeira temporada terminou recentemente e a segunda já foi confirmada para a Summer Season americana de 2014, resultado dos mais de 13,1 milhões de espectadores que assistiram ao piloto da série. A história se desenvolve dentro de Chester’s Mill, uma pequena cidadezinha do Maine cujos moradores são presos dentro por uma misteriosa redoma e precisam de repente lidar não só com a surpresa, o medo do que está acontecendo e a falta de respostas, como com a escassez de água e alimentos, assassinatos, roubos, falta de suprimentos médicos, fanáticos religiosos e uma cidade sem estado e sem leis.

Assisti ao piloto da série por recomendação de uma amiga e gostei tanto da premissa que não consegui parar de ver até chegar ao 13º e último episódio da primeira temporada. Eu não li Sob a Redoma (Stephen King, Suma de Letras, 960 páginas), mas realmente quero fazê-lo agora. Stephen King é o rei do suspense lá fora e aqui e um dos autores mais traduzidos da atualidade, com mais de 350 milhões de livros vendidos. Série: Under The Dome foi adaptado para a televisão por Brian K. Vaughan e dirigido por Neils Arden Oplev, do filme Os homens que não amavam as mulheres.

Foi hilário para mim descobrir que a adaptação da série era de Brian K. Vaughan. Lá pelo meio da temporada, comentei com uma amiga que Série: Under The Dome me lembrava demais Lost, não só porque eu jurava que Dean Norris era Terry O’Quinn, que interpretava o Locke em Lost (lembra?), mas por algumas semelhanças no que se refere à doma eletromagnética e toda a situação de sobrevivência pela qual passam os personagens no decorrer dos episódios. Que fique bem claro que eu não sabia que a adaptação era de Vaughan. E que alguém deveria fazer um teste de DNA com Norris e O’Quinn, porque eu tenho certeza de que eles são irmãos gêmeos. É sério.

No elenco da trama estão, além de Dean Norris, Mike Vogel, Rachelle Lefevre, Jeff Fahey, Aisha Hinds, Jolene Purdy, Nicholas Strong, Natalie Martinez, Alexander Koch, Britt Robertson, Ned Bellamy e Colin Ford, entre outros. Vou confessar que demorei um pouco para conseguir me conectar com os personagens e aceitar a história como eles a vivenciavam. Vi várias críticas quanto à atuação, e, é verdade, os atores só conseguem se acertar bem em seus papeis lá para o meio da temporada. É quando você consegue acolher um dos personagens no coração e começar a torcer por ele, sabe?

O protagonista da série é Dale Barbara, carinhosamente apelidado de Barbie, um cara misterioso que estava na cidade à “trabalho” quando foi preso, juntamente com os outros moradores de Chester’s Mill, dentro da redoma. Ele é o cara sobre o qual você nunca está certo à respeito de nada. Um ex-oficial do Exército, Barbie não é nenhum herói, e isso fica bem claro logo no início da série, enquanto ele trabalha para cavar a cova do homem a quem acabou de matar. Suas verdadeiras intenções e caráter só ficam mais óbvios lá para o final da temporada. Só assistindo para descobrir.

Temos também Big Jim (Dean Norris), o vereador que se torna a maior autoridade de Chestes’s Mill quando a redoma aparece. Um cara sombrio que guarda alguns segredos terríveis sobre a cidade e sobre si mesmo. Ele vai complicar um pouquinho as coisas na cidade em benefício próprio, mas é certo dizer que a série se move de acordo com os fios que ele toca.

Imagine um aquário de peixinhos. É nisso que a redoma transforma Chester’s Mill. E, como diz uma das personagens, “eu já tive dois peixes, até que um deles ficou doente… e o outro o comeu”. O fim da primeira temporada não foi exatamente como eu esperava, mas deixa brechas enormes para a segunda que vem por aí. Agora é esperar.

► Veja o trailer.

Tags: | | |

Sobre o Autor

Inara Souza
Inara Souza

24 anos, interior de São Paulo. É formada em Engenharia Civil e pós-graduada em Arquitetura de Interiores. Criou o Casinha Arrumada para falar das coisas que mais ama e compartilhar histórias. É apaixonada por decoração, livros, músicas e séries de TV. Siga nas redes sociais: Instagram - Facebook - YouTube - Pinterest

12 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


    • Verdade, Eve! Eu gostava bastante de LOST, pena que o final decepcionou tanto! Muitas perguntas sem respostas! *Cruzando os dedos* para não fazerem a mesma merda com “Under The Dome”!

  1. Olá Inara, tudo bem? Espero que sim. 🙂
    Bom, como é a primeira vez que comenta em seu blog gostaria de parabenizá-la, ele é muito interessante. Eu adoro!
    Segundo… onde vc assistiu a série? Em alguém site ou baixou de algum lugar? Fiquei interessada.
    Obrigada e sucesso com o blog!
    bjo da Gabi