Dicas para cortar gastos e economizar
Uma das minhas metas para 2018 é guardar dinheiro. A minha ideia é economizar o máximo que eu puder, então cortar gastos e economizar é essencial. Já falamos sobre dinheiro aqui no blog, mas hoje eu quero compartilhar com vocês algumas dicas que quero implementar na minha própria rotina em 2018 para conseguir juntar o dinheiro que preciso. Se você também está planejando juntar dinheiro para realizar algum sonho nos próximos anos, tenho certeza que vai amar as dicas de hoje! Já falamos sobre a importância de anotar os seus gastos, todos eles. Antes de querer economizar, você precisa saber onde está gastando o seu dinheiro. E, a partir do momento em que você sabe exatamente para onde o seu dinheiro está indo, fica mais fácil fazer uma análise do seu orçamento e determinar quais atividades e gastos não são essencialmente necessários para você. E são esses gastos que você pode cortar do seu orçamento para conseguir economizar dinheiro.

DICAS PARA CORTAR GASTOS E ECONOMIZAR

Pare de comprar o que você não precisa

Parece óbvio, não é? No entanto, pode ser que você se identifique com a seguinte situação: abrir o seu guarda-roupa e descobrir pelo menos uma dezena de roupas que você comprou e não usou mais do que algumas poucas vezes, simplesmente porque percebeu tarde demais que não caía tão bem assim no seu corpo ou que não haveriam ocasiões suficientes para usar aquele vestido maravilhoso e brilhante que um dia você viu na vitrine de uma loja e não conseguiu resistir à tentação de comprar. Acertei, não foi? E acertei porque isso também já aconteceu comigo. Se a sua intenção é economizar dinheiro, você precisa conhecer a técnica do “deixar para depois”. Funciona assim: viu algo lindo em uma loja e ficou tentada a levar para casa? Não ouça aquela vozinha interior dizendo que você “precisa” mesmo daquilo, saia da loja e espere três dias. Se, passados três dias, você ainda estiver pensando naquele objeto, ou se der conta de que realmente precisa dele, volte e compre. Mas o mais provável é que você simplesmente se esqueça dele, sabia? Porque não era importante ou necessário. Faça o teste. Outra dica muito legal é sempre levar um lanche dentro da bolsa, seja uma bolacha, uma barrinha de cereal ou uma fruta. Principalmente quando passamos muito tempo fora de casa, a tentação de simplesmente parar em uma cafeteria para fazer um lanche é quase irresistível. Mas você também sabe o quanto os preços em estabelecimentos como esse podem ser absurdos. Levar um lanche dentro da bolsa com você sempre vai ajudá-la a pensar melhor antes de entrar em uma lanchonete.

Deixe o cartão de crédito em casa

Se você quer economizar dinheiro, experimente deixar o cartão de crédito em casa quando sair. Não preciso nem entrar no mérito de dizer que o cartão de crédito pode ser um vilão do seu orçamento se não souber administrá-lo bem, não é? A dica aqui é que, ao sair com dinheiro em espécie, você ficará menos tentada à gastá-lo à toa. Isso porque você literalmente vê o dinheiro indo embora, o que não acontece com o cartão de crédito.

Evite comprar a prazo

Na medida do possível, evite comprar a prazo. Contas parceladas podem apresentar juros significativos, então, se é algo que pode esperar um pouco, junte o dinheiro necessário e pague a vista.

Não pague por coisas que você pode fazer

Se a ideia é economizar, pode ser interessante deixar de fazer as unhas no salão, por exemplo, e passar a fazê-las em casa você mesma. Ficou com vontade de comer uma pizza? Que tal comprar os ingredientes e fazê-la você mesma? Precisa almoçar no trabalho? Ao invés de ligar e pedir comida, que tal preparar suas marmitas em casa e levá-las para o trabalho? São coisas simples que ajudam você a enxugar o orçamento e economizar.

Compre no supermercado com consciência

Antes de ir ao supermercado, faça uma lista de compras. A lista vai fazer você pensar melhor antes de simplesmente adicionar mais um item ao carrinho. Você também pode economizar no supermercado simplesmente optando por uma marca mais barata, sabia? Veja mais dicas de como economizar nas compras do supermercado.

Tenha uma renda extra

Para alcançar a sua meta, talvez seja interessante buscar uma renda extra. Se você entende de algo muito bem pode, por exemplo, dar aulas particulares. Se cozinha bem, pode preparar bolos no pote ou docinhos e vender para sua família e amigos, na faculdade ou até no trabalho se for permitido. Outra ideia muito legal é vender o que você não usa mais. Que tal fazer uma limpeza no guarda-roupa e desapegar de algumas coisas? Você pode vendê-las online! Veja mais dicas de como fazer uma renda extra.
E por hoje é isso, pessoal! Espero que tenham gostado das dicas de como cortar gastos e economizar! Um beijo e até a próxima! 🙂

Tags: | |

Sobre o Autor

Inara Souza
Inara Souza

24 anos, interior de São Paulo. É formada em Engenharia Civil e pós-graduada em Arquitetura de Interiores. Criou o Casinha Arrumada para falar das coisas que mais ama e compartilhar histórias. É apaixonada por decoração, livros, músicas e séries de TV. Siga nas redes sociais: Instagram - Facebook - YouTube - Pinterest

38 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


  1. Oie Inara! É a Dani!!!! Adorei as dicas e essa de deixar para depois eu já apliquei muitas vezes, deu super certo! 💋💋💋💋💋

  2. Post excelente!!! Não compro a prazo de jeito nenhum. Agora, uma coisa que preciso parar de gastar é comendo na rua. A idéia do lanche na bolsa é show. Gostei! Obrigada!

  3. Dicas excelentes!
    Sempre busco me organizar financeiramente. Tenho um caderno para anotar meus gastos e assim ter o controle.
    Tem dado certo!

  4. Oi Inara, tudo bem? Amando os post diários… Minha meta de 2018 é guardar dinheiro também, pois quero morar sozinha, então já estou comprando coisas menores, começando meu “enxoval” , e guardando dinheiro para as maiores e para possíveis emergências. Bjusss

  5. A dica da marmita para o trabalho é sensacional. Digo até por experiência própria, cheguei a emagrecer depois que parei de comer em restaurantes todos os dias no almoço. Você tem certeza do que está comendo, da qualidade e do preparo do alimento, além de poder economizar uma grana.

  6. Nossa, ótimo post! Chegou em boa hora, tô precisando muito economizar. Antigamente eu tinha um caderninho e anotava meus gastos e conseguia me controlar melhor. Depois que parei de anotar, perdi um pouco o controle. Vou voltar urgente a fazer isso. Obrigada pelas dicas. Bj

  7. Dicas excelentes! Algumas já fazem parte do meu dia a dia, como levar um lanchinho na bolsa e não pagar por coisas que posso fazer, mas outras preciso colocar em prática, principalmente deixar o cartão de crédito de em casa.

  8. Adorei seu post. Vou começar morar em um apê novo e vou precisar economizar mais que nunca. Suas dicas são muito úteis. Parabéns!

  9. Tenho aqui em casa meu caderno para anotar todos os gastos. Meu marido não tem paciência com papéis, mas eu faço questão de deixar tudo anotadinho. Gastos fixos e extras. Espero q em breve possamos tb poupar algum dinheiro, para q possamos realizar sonhos futuros. Obrigada por suas dicas preciosas. Bjs

  10. Otimas dicas Inara! uma que quero colocar mais em pratica é levar lanche na bolsa.. sempre acabo fazendo aquele lanche gorduroso na rua e gastando dinheiro 🙁 e quero começar a fazer pizza em casa tbm amei a sua no video da noite de pizza!!!

  11. Tbm incluiria verificar as assinaturas.Tv a cabo,telefone fixo,revistas,jornais…Aqui em casa anualmente gastamos 800 reais de telefone fixo sendo que nunca usamos!Mas infeslimente faz parte do pacote de internet que usamos muito e não tem pra onde correr.Uma pena não poder pagar só pelo o que consumimos…

  12. Gostei muito do post, mas podíamos depois falar mais a fundo sobre medidas diárias e como aplicar as economias
    Bjs

  13. Bom dia Inara
    Adorei a dica de vender as roupas, a tempos estou pensando em fazer isso e gostaria de saber como faço para montar um brechó, sou eu que ponho o preço ou a pessoa que esta me passando a roupa para vender? e até qto poderei pagar?

    Atenciosamente

    Maria Goreth Ferreira