Eu não sou nenhuma especialista em finanças, apenas uma garota que, aos 20 e poucos anos, descobriu que precisava aprender a gerenciar melhor o seu dinheiro se quisesse alcançar os seus sonhos.

 

É uma pena que não nos ensinem nas escolas como controlar e gerenciar as nossas finanças pessoais, mas nunca é tarde demais para fazer as pazes com o nosso dinheiro e efetivamente colocá-lo para trabalhar por nós. Por isso, hoje eu vou contar para você 3 coisas que aprendi sobre dinheiro aos 20 e poucos anos.

 

 

#1 – Estudar sobre finanças é apenas algo que você (realmente) precisa fazer

 

Eu tenho estudado muito sobre finanças. Tenho lido livros sobre o assunto, feito cursos sobre organização financeira pessoal e finanças para empresas também, bem como tenho aproveitado todo o conteúdo online gratuito disponível na internet sobre o assunto. Afinal, a melhor maneira de aprender a lidar com dinheiro é entender sobre dinheiro.

 

A idade dos 20 e poucos anos é perfeita para buscar aprender mais sobre o assunto porque é quando os boletos começam a chegar no seu nome. E quando o dinheiro usado para pagar essas contas é seu, você aprende a valorizá-lo de verdade, por mais que seus pais tenham, desde cedo, educado você para não ser um esbanjador. Aos 20 e poucos anos, você aprende o valor do dinheiro conquistado com o próprio suor.

 

Alguns dos meus conteúdos favoritos na internet sobre finanças são o canal Me Poupe, da jornalista Nathalia Arcuri, e o site Finanças Femininas, fundado pela jornalista Carolina Sandler.

 

Eu também recomendo para você esse curso sobre finanças pessoais.

 

#2 – Comprar por impulso é jogar dinheiro fora

 

A segunda coisa que aprendi sobre dinheiro aos 20 e poucos anos é que comprar por impulso é jogar dinheiro fora. Confesso que, quando comecei a receber o meu próprio dinheiro, gastei muito com coisas que, hoje eu sei, não eram tão necessárias quanto eu achava.

 

Desde então, penso MUITO antes de comprar qualquer coisa. Penso se é algo de que eu realmente preciso na minha vida ou se é apenas um desejo momentâneo que vai passar logo. Aposto naquele truque de ir embora da loja e voltar apenas 3 dias depois, caso eu realmente não tenha conseguido esquecer aquele objeto que queria comprar. Na maioria das vezes, no entanto, o desejo de comprar simplesmente desaparece.

 

#3 – A hora de guardar dinheiro é agora

 

A terceira coisa que eu aprendi é que não há melhor momento na vida para guardar dinheiro do que aos 20 e poucos anos. É provável que você esteja no seu primeiro emprego e ainda morando na casa dos seus pais, então é muito mais fácil guardar a maior parte do que você ganha, uma vez que você ainda não tem responsabilidades como aluguel e conta de energia todos os meses para pagar. E mesmo que você tenha, aos 20 e poucos anos é o melhor momento para começar a aprender a guardar dinheiro, nem que seja apenas um pouquinho todos os meses. Aos 30 e poucos anos, você agradecerá por ter começado a poupar HOJE.

 

Desde que eu entendi o valor de ter uma poupança e dinheiro para investir nos meus sonhos, guardo o máximo que posso do meu salário. Tenho metas sobre o que quero alcançar aos 30 e poucos anos e sei que preciso começar agora para poder colher os frutos no futuro.

 

+ NOVIDADE

 

 

Eu sempre falo aqui no blog, nos conteúdos sobre finanças, o quanto é importante ter um controle das suas finanças, saber o quanto você ganha e o quanto você gasta todos os meses.

 

Muitas pessoas, no entanto, não sabem como fazer isso, principalmente por não entenderem muito sobre programas como Excel ou aplicativos de finanças no celular. Foi pensando nisso que eu desenvolvi esse planner financeiro incrível, muito prático e simples de usar, que com certeza vai fazer a diferença na sua vida financeira. São 3 páginas: uma de controle mensal de finanças, outra de controle anual de prestações e contas e uma terceira de controle de investimentos, para que você possa acompanhar mês a mês o quanto está conseguindo poupar do seu dinheiro.

 

Eu tenho certeza que você vai amar, então não deixe de clicar aqui para saber mais sobre o nosso Planner Financeiro.

 

E essas são as 3 coisas que aprendi sobre dinheiro aos 20 e poucos anos! Se você quiser, compartilhe também as coisas que você aprendeu sobre dinheiro aos 20 e poucos, aos 30 e poucos, aos 40 e poucos… Eu vou adorar!

 

Compartilhe:
Você vai gostar de ler também:
Post escrito por:

24 anos, interior de São Paulo. É formada em Engenharia Civil e pós-graduada em Arquitetura de Interiores. Criou o Casinha Arrumada para falar das coisas que mais ama e compartilhar histórias. É apaixonada por decoração, livros, músicas e séries de TV. Siga nas redes sociais: Instagram - Facebook - YouTube - Pinterest

Como economizar nas compras do supermercado

Escreva um comentário

Seu comentário*