Tipos de pisos mais indicados para áreas internas

Eu sei a quantidade de dúvidas que podem surgir no momento de escolher o piso ideal. São tantos modelos diferentes que é praticamente impossível não ficar na dúvida. Sem falar nos tons e texturas diferentes, materiais que imitam outros materiais, quais pisos podem ser molhados e quais não podem entrar em contato direto com a água. Para ajudar você, o post de hoje vai listar os tipos de pisos mais indicados para áreas internas.

Tipos de pisos internos

Piso de cerâmica

Os pisos de cerâmica são os mais comuns e costumam ser mais baratos também. São encontrados em vários tamanhos e podem ser lisos ou com textura. Alguns modelos imitam outros materiais e são muito fáceis de limpar. Podem ser usados em todos os ambientes da casa dependendo do seu PEI (resistência à abrasão), sendo que PEI O é pouco resistente e PEI 5 é bastante resistente. Essa informação você recebe do próprio fabricante.

Tipos de pisos para áreas internas
Foto: Reprodução

Porcelanato

O porcelanato é um tipo de piso cerâmico mais resistente. Os mais comuns são o porcelanato polido, o porcelanato acetinado e o porcelanato esmaltado. É um tipo de piso bastante durável, com uma enorme variedade de tons e texturas, podendo imitar até mesmo outros materiais, como madeira, granito e mármore. Entre as suas vantagens estão a facilidade de instalação e de manutenção. Também pode ser utilizado em todos os ambientes da casa.

Tipos de pisos mais comuns
Foto: Reprodução

Piso laminado

O piso laminado imita a madeira, inclusive tons e ranhuras, mas é mais resistente e não risca com facilidade. A instalação é fácil, com sistema de encaixe. O contato com a água pode danificar o produto, sendo assim, é mais indicado para ambientes como quartos e salas e a limpeza deve ser feita com um pano levemente úmido (bem torcido). Propaga sons com facilidade, por isso deve ser revestido com uma manta acústica.

Qual piso escolher
Foto: Reprodução

Piso vinílico

O piso vinílico é produzido com resina de PVC, com réguas que imitam madeira. Sua instalação é bastante parecida com a do piso laminado, podendo ser por encaixe das réguas, no sistema conhecido como click, ou com cola. Pode ser instalado diretamente sobre o piso antigo, o que torna a reforma mais fácil, prática e limpa. É usado em ambientes internos, mas nunca em contato com a água (não pode ficar submerso na água).

Leia também: Tudo o que você precisa saber sobre o piso vinílico

Tipo de piso mais comum
Foto: Reprodução

Piso de madeira

Pode ser na forma de assoalhos ou tacos e é uma opção de piso bastante aconchegante com visual mais rústico. A instalação mais trabalhosa e o alto custo podem ser uma desvantagem. Como os pisos laminados e vinílicos, também não deve ficar em contato direto com a água, sendo mais indicado para ambientes como salas e quartos.

Pisos para áreas internas
Foto: Reprodução

Piso de cimento queimado

É uma opção de baixo custo, que oferece um visual rústico, contemporâneo e industrial aos ambientes. As trincas são inevitáveis, assim como o efeito manchado. Pode ser usando inclusive na cozinha e no banheiro (exceto na área do box, pois se molhado pode ficar bastante escorregadio).

Tipos de pisos
Foto: Reprodução

Resina Epóxi

Esse tipo de revestimento é feito a partir da resina epóxi que é aplicada no chão que, misturada com outros agentes, endurece e forma uma camada lisa e homogênea, sem junções. Esse tipo de revestimento é muito utilizado em ambientes industriais, mas vem ganhando destaque nos ambientes internos de residências também. Pode ser utilizado em todos os ambientes internos da casa, até mesmo em áreas molhadas como o banheiro, mas quando molhado pode ser tornar um pouco escorregadio.

Leia também: Como mudar o piso sem remover o revestimento antigo

Tipos de pisos resina epóxi
Foto: Reprodução

Ladrilho Hidráulico

O ladrilho hidráulico é um tipo de revestimento feito artesanalmente com placas de cimento de alta resistência. Pode ser utilizado em todos os ambientes internos, na parede ou no piso. É um produto 100% ecológico, fabricado um a um. É importante saber também que hoje existem no mercado porcelanatos que imitam o ladrilho hidráulico.

Tipos de pisos ladrilho hidráulico
Foto: Reprodução | correio24horas.com.br

Espero que tenham gostado das dicas de hoje sobre os tipos de pisos internos mais comuns! Se quiserem, posso fazer uma lista dos revestimentos mais comuns para áreas externas também! Comentem! 🙂

Tags: | | | | | | | |

Sobre o Autor

Inara Souza
Inara Souza

24 anos, interior de São Paulo. É formada em Engenharia Civil e pós-graduada em Arquitetura de Interiores. Criou o Casinha Arrumada para falar das coisas que mais ama e compartilhar histórias. É apaixonada por decoração, livros, músicas e séries de TV. Siga nas redes sociais: Instagram - Facebook - YouTube - Pinterest

23 Comentários

  1. Oi Inara! Ótimas dicas! Quando fomos escolher o piso da nossa casa, eu queria muito o porcelanato polido, mas meu marido não queria de jeito nenhum, por ser mais fácil de manchar e aparecer a sujeira. No fim ele e o arquiteto da loja me convenceram a colocar o acetinado e não me arrependi nem um pouco. É muito fácil de manter e é lindo!

  2. Essas informações facilitam muito a vida das pessoas que estão envolvidas com obras. Tive muitas dúvidas na época que estava reformando um apartamento. Foram várias pesquisas para não correr o risco de errar na hora da compra. Afinal, é uma variedade de materiais, modelos e preços! Optei pelo piso de cerâmica e está resistindo bem há 8 anos. rs

    • Na casa dos meus pais, o piso também é de cerâmica, mas foi construída há mais de 20 anos! Imagina só que o piso está praticamente perfeito, fora alguns locais que o piso ficou um pouco manchado com o tempo, principalmente área externa! É um piso muito resistente mesmo!

  3. Estamos planejando uma reforma lá em casa esse ano. Amei a ideia do piso vinílico…. vou ler mais sobre ele e ver os custos… o que mais gostei foi ele poder ser aplicado em cima da cerâmica. 🙂

  4. Preciso trocar o piso da minha cozinha..ainda estamos decidindo qual tipo colocaremos..estou pensando em porcelanato.
    Mas continuo pesquisando..são muitas opções..rsrs

  5. Adorei as dicas! penso em reformar o meu quarto e estava em dúvida sobre o tipo do piso e qual seria o melhor custo benefício para meus planos. Graças a você eu acabei de decidir! Obrigado (^_^)

  6. Excelente matéria. Estou louca pra colocar pelo menos na cozinha o ladrilho hidráulico. A minha casa foi entregue pela construtora já com o porcelanato.

  7. Oi Inara, tudo bem? Estive olhando sobre o cimento queimada com algumas decorações em estilo industrial, e amei a composição do piso e bancadas em cimento queimado, com metais e cores em tons de cinza, gosto muito dessa pegada, confesso que tenho vontade de fazer quando tiver minha casa!!! Bjuuus

  8. Olá! Minha casa foi recém construída, houve a preocupação com cada detalhe. Nos dias corridos que vivemos vale a pena investir em material de qualidade e que seja prático para realizar a limpeza. 🙂

  9. Esses que imitam madeira sao lindos!!!! mas confesso que gosto do cimento queimado…nao sei pq mas se construisse uma casa talves fizesse em alguns comodos para economizar rsrs

  10. Olá Inara. Amei o post. Estou pesquisando sobre pisos porque quero fazer uma reforminha no meu apê, porque o piso que veio da construtora não é tão bonito assim…rs.Estava na dúvida entre porcelanato e o vinílico. Mas agora vou ficar no vinílico mesmo ,pela facilidade. E acho q fica bem bonito também. Obrigada pelas dicas. Uma beijoka.
    https://carolneto.com.br


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.