Filme: Dezesseis Luas

O filme conta a história de Ethan Wate, um estudante de colegial que vem tendo sonhos estranhos com uma garota misteriosa há meses. Quando ela aparece na cidade para passar uma temporada com o tio, Ethan não consegue deixar de se aproximar dela e descobrir o mistério que parecesse envolvê-la e à família, já que o tio de Lena é algum tipo de lenda na cidade, temido pelos moradores. Na verdade, não demora muito para que Ethan descubra que Lena é uma conjuradora (ou bruxa), ou pelo menos será quando completar 16 anos e tiver de fazer a maior e pior escolha de sua vida: se será uma bruxa do Bem ou do Mal. Mas e se ela não tiver escolha?

Em primeiro lugar, Dezesseis Luas possui um elenco e tanto. Alguns nomes famosos e dois protagonista desconhecidos que cumprem seus papeis bem, parecendo se encaixar no enredo rapidamente. No entanto, o melhor de tudo mesmo é a produção do filme, que é realmente incrível. Uma cena em especial me deixou de olhos arregalados e rindo alto por alguns minutos: aquela em que Lena e a prima se enfrentam à mesa. Os episódios que se passam durante a Guerra Civil também. Além disso, eu gostei do clima do filme: de suspense e comicidade, sabe? 

O romance não acontece tão rapidamente, e isso garante alguns diálogos interessantes. O conflito final deixa brecha para o segundo filme, e uma curiosidade mórbida em mim de ler os livros da série. Resumindo: Dezesseis Luas é um filme adolescente, com algumas doses legais de suspense e comicidade, um conflito interessante e uma produção exemplar. Vale mesmo ver só pela fotografia do filme.  

É claro que algumas brechas no enredo são inevitáveis. De fato, alguns pontos ficarem mal explicados para mim. O que parece recorrente em adaptações cinematográficas (e fica mais fácil ainda de perceber quando você já leu o livro antes). Provavelmente existem maiores explicações no livro, e por isso mesmo quero lê-lo (e a série toda, que já conta com quatro livros aqui no Brasil). Eu mesmo peguei alguns spoilers por aí e deu para perceber que, no filme, deixaram algumas partes importantes do livro de fora. Algo sobre uma música, por exemplo.

Enfim: eu gostei, sim. Com algumas ressalvas, sim, mas gostei. É uma boa pedida para o domingo. O que acham?

Quer mais indicações de filmes legais para assistir? Clique aqui.

Tags: | | | |

Sobre o Autor

Inara Souza
Inara Souza

24 anos, interior de São Paulo. É formada em Engenharia Civil e pós-graduada em Arquitetura de Interiores. Criou o Casinha Arrumada para falar das coisas que mais ama e compartilhar histórias. É apaixonada por decoração, livros, músicas e séries de TV. Siga nas redes sociais: Instagram - Facebook - YouTube - Pinterest

8 Comentários

  1. Já assisti e tenho a opinião parecida com a sua! Acho que não vou conseguir ler a série, mas quero muito que lancem o segundo filme, porém, depois que assisti (há um tempo atrás) eu pesquisei e ouvi falar (ler na vdd haha)que talvez não farão continuação porque o filme não fez muito sucesso. :// Gostei do elenco também!

    bisous,
    http://o-doce-mundo.blogspot.com.br/

  2. Ouvi falar que devido as reclamações e muitas falhas no filme não vai ter continuação, sem falar que os fãs do livro detestaram a adaptação. Foi algo que deixou a desejar (Opinião do meu primo hahah eu só li o livro e gostei do enredo e do narrador masculino), não tenho muita vontade de ver e estragar a bela imagem que tenho da história hahaha mas ao mesmo tempo tenho curiosidade. Qualquer dia desses eu vejo, feliz por sua opinião ser positiva, antes eu só lia negativas e mais negativas :/

    Beijos,
    Jhey
    http://www.passaporteliterario.com


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.