Delimitar os ambientes em um apartamento pequeno nem sempre é uma tarefa fácil, principalmente pelo fato de que o próprio espaço inviabiliza o uso de móveis e ferramentas que podem auxiliar nessa tarefa, como uma estante vazada ou um painel de madeira. Sendo assim, o único jeito é apelar para a setorização, ou seja, marcar visualmente os ambientes  com diferentes funções dentro de um espaço único, integrado, de modo que se crie diferentes estações sem a necessidade de erguer uma parede entre elas, já que, em se tratando de um apartamento pequeno, não queremos perder nenhum milímetro do espaço já tão pequeno.

 

E essa é uma realidade cada vez mais presente. A integração dos ambientes garante espaços mais amplos, abertos e iluminados, como é o caso desse apartamento de apenas 30 m², projetado por Maria Fadeeva. Cozinha, sala de estar e home office convivem juntos em um mesmo espaço, mas ficam muito bem delimitados de acordo com suas funções. A solução aqui foi apelar para uma espécie de grade de tela, que delimita o espaço da sala de estar e ainda serve como suporte para a televisão e para uma charmosa hortinha vertical. Ela não ocupa espaço e permite que a luz proveniente das janelas alcance todo o ambiente, mantendo-o bem iluminado.

 

É uma solução maravilhosa para quem também precisa fazer o espaço render e aproveitar cada centímetro disponível da melhor maneira possível.

 

 

Além disso, o piso clarinho, as paredes, teto e móveis brancos ajudam a dar essa sensação de amplitude, ajudam a fazer o ambiente parecer maior do que é. Mas é claro que não precisa ser uma coisa monocromática! As cores também são muito bem-vindas nos pequenos objetos de decoração, tapetes, almofadas e vasos de plantas. Aqui, o vermelho traz aconchego e vivacidade para o espaço.

 

O resultado é um ambiente delicioso e acolhedor.

 

 

Veja outras dicas de decoração para pequenos espaços.

Compartilhe:
Você vai gostar de ler também:
Post escrito por:

24 anos, interior de São Paulo. É formada em Engenharia Civil e atualmente cursa pós-graduação em Arquitetura de Interiores. Criou o Casinha Arrumada para falar das coisas que mais ama e compartilhar histórias. É apaixonada por decoração, livros, músicas e séries de TV. Siga nas redes sociais: InstagramFacebookYouTubePinterest

5 tipos de móveis e suportes para a TV

O projeto 3D do meu quarto

Escreva um comentário