De repente, o chuveiro queima. Ou você cisma que quer instalar uma prateleira nova na parede. São apenas duas situações corriqueiras que acontecem muito frequentemente e que precisamos das ferramentas certas para resolver. E eu não estou falando de uma caixa de ferramentas completa, com todos os jogos certos de chaves, mas de apenas algumas ferramentas essenciais, que vão salvar você de algumas situações desagradáveis.

 

Pode parecer desnecessário pensar em algo assim quando você é mulher e mora com o pai, o irmão, o namorado ou o marido. Confesso que eu também pensava assim até bem pouco tempo atrás. Acho que as coisas começaram a mudar quando fui morar sozinha. De repente, não tinha ninguém para resolver o problema do armário desmontado esquecido no chão da cozinha. Sem falar que eu sou do tipo que, se quer colocar um quadro novo na parede, precisa ser naquele momento. Então acabei aprendendo a manusear um martelo, uma furadeira e uma chave Philips.

 

No post de hoje, preparei uma listinha de ferramentas que eu julgo essenciais ter dentro da caixinha de ferramentas para conseguir realizar pequenos reparos em casa. Vamos lá?

 

Chaves de fenda

 

 

Você com certeza vai precisar delas para apertar o parafuso solto de uma dobradiça, para trocar o espelho do interruptor ou instalar uma prateleira na parede. Invista em pelo menos uma chave de fenda padrão, de ponta achatada, e uma chave Philips, que tem a ponta no formato de um “+”.

 

Martelo

 

 

Você com certeza vai precisar dele para colocar um prego na parede para pendurar um quadro. Ele também pode ser útil na hora de consertar um móvel, para martelar ou retirar pregos da madeira. É claro que você vai precisar de uma caixinha de pregos também.

 

Alicate

 

 

Ele vai servir para segurar coisas no lugar, torcer e até para cortar um cabo ou arame, por exemplo. Nesse sentido, é importante que o seu alicate universal tenho o cabo com isolamento elétrico e um bom gume de corte.

 

Trena

 

 

Outra ferramenta muito útil é a trena. Você vai precisar dela para medir o tamanho daquela parede onde pretende aplicar um papel de parede novo, para saber se aquele móvel lindo que você viu na loja vai caber no espaço que você tem disponível em casa e até na hora de pendurar quadros na parede, para medir a altura e deixar todos bem simétricos na parede.

 

Nível

 

 

Só quem já instalou um quadro ou prateleira torta na parede é que vai entender a necessidade de ter um nível dentro do caixa de ferramentas. Ele vai ajudar você a nivelar as superfícies e garantir que tudo esteja bem retinho.

 

Desengripante

 

 

Não é bem uma ferramenta, mas eu acho muito importante ter em casa também. O desengripante é um lubrificante e anti-ferrugem que auxilia na hora de soltar um parafuso ou peça rosqueada que parece difícil de tirar. Além disso, é ele que você vai usar para consertar o problema daquela porta rangendo, aplicando um jato sobre a dobradiça.

 

Furadeira

 

 

É um item mais caro, mas que pode acabar sendo muito útil na sua casa, como no momento de furar a parede para colocar a bucha para instalar a prateleira. Caso a furadeira seja parafusadeira também, melhor ainda, já que ela vai poupar muito esforço seu na hora de apertar um parafuso. É claro que você vai precisar também de um jogo de chaves e de brocas para a furadeira. Invista em um modelo de qualidade, que permaneça muito tempo com você.

 

 

Acho que essas são as ferramentas mais fundamentais e eu tenho todas elas aqui em casa também. Além dessas, tenho também uma serra, um serrote e uma serra circular, mas são ferramentas que uso apenas para o trabalho de marcenaria, para gravar os vídeos de confecção e montagem de móveis para o canal, e que não são utilizadas no dia a dia, então você não precisa ter a menos que goste de marcenaria também ou queira fazer alguns dos móveis que eu ensino aí na sua casa também.

 

E por hoje é isso! Espero que tenham gostado das dicas! Um beijo! 😘

 

Veja mais dicas para a sua casa.

Compartilhe:
Você vai gostar de ler também:
Post escrito por:

24 anos, interior de São Paulo. É formada em Engenharia Civil e atualmente cursa pós-graduação em Arquitetura de Interiores. Criou o Casinha Arrumada para falar das coisas que mais ama e compartilhar histórias. É apaixonada por decoração, livros, músicas e séries de TV. Siga nas redes sociais: InstagramFacebookYouTubePinterest

Qual cooktop escolher? A gás, elétrico ou por indução?

Dicas para deixar a sala de estar mais aconchegante

Escreva um comentário