Incendeia-me por Tahereh Mafi

 

Título Original: Ignite me
Estilhaça-me #3
Autora: Tahereh Mafi
ISBN: 978-85-8163-441-8
Editora: Novo Conceito
Tradução: Bárbara Menezes
Páginas: 384
Leia o 1º capítulo.

 

Onde comprar:
SARAIVA CULTURA COMPARAR PREÇOS

 

 

O que eu poderia dizer além de que a autora conseguiu finalizar a trilogia de um jeito maravilhoso e surpreendente? Eu fiquei encantada pela narrativa completamente diferente e gostosa da autora desde que li o primeiro livro da série. Ainda que a história não tenha me cativado totalmente logo de cara, acabou por provar-se incrível no decorrer da trilogia, conforme o enredo era desenvolvido e a narrativa da autora tornava-se cada vez mais madura. Ela conseguiu escrever três livros e mostrar uma evolução clara da personagem. A Juliette do primeiro livro não passava de uma criança assustada presa num mundo que não dava a mínima para ela, que a considerava uma ameaça letal. Do segundo para o terceiro livro, porém, a Juliette que conhecemos passa por uma mudança clara e aprende mais sobre si mesma e seus poderes, sobre até que ponto pode chegar e o quanto é responsável por suas ações, tornando-se, em Incendeia-me, o livro que encerra essa trilogia, uma personagem digna e de caráter que não deixa o leitor aborrecido em momento nenhum.

 

Mas talvez o mérito não seja apenas dela. Se você sentiu uma falta quase entristecedora do nosso melhor vilão em Liberta-me, prepare-se para se deparar com um Warner que vai pegar você leitor pela mão e fazê-lo sentir-se querido e bem-vindo ao cerne dessa história que ainda tem muito a contar, mesmo após a sua finalização. Na realidade, Incendeia-me deixa a gente com gostinho de quero mais e uma esperança tola de que talvez, apenas talvez, a autora sinta falta de seus personagens algum dia como nós sentiremos falta deles. Assim, eu termino essa trilogia com uma sensação gostosa de dever cumprido e um sentimento chatinho que insiste em provar que Juliette, Warner, Adam e todos os outros vão fazer uma falta danada.

 

 

“Palavras, eu penso, são criaturas muito imprevisíveis.
Nenhuma arma, nenhuma espada, nenhum exército nem rei um dia será mais poderoso que uma frase. As espadas podem cortar e matar, mas as palavras vão golpear e ficar, enterrando-se em nossos ossos para virarem corpos mortos que carregamos para o futuro, sempre cavando e sem conseguir arrancar seus esqueletos de nossa carne.” (pág. 116)

 

Se você nunca leu nenhum dos livros, a trilogia Estilhaça-me conta a história de Juliette, um garota de 17 anos com um toque incomum e letal. Presa em uma cela suja e escura por muito tempo, a Juliette que nos é apresentada em Estilhaça-me é uma garotinha assustada e quase louca. As coisas mudam quando ela é salva por Adam e passa a conhecer de verdade a realidade do mundo que a cercou, prendeu e escondeu por tanto tempo. Um regime opressor que nunca fez absolutamente nada do que prometeu, mantendo a população toda presa em sua ignorância. Em Incendeia-me, Juliette finalmente percebe que talvez seja a única capaz e com poder suficiente para mudar as coisas.

 

A TRILOGIA:
#1 Estilhaça-me
#2 Liberta-me
#3 Incendeia-me

 

Eu não vou falar muito a história porque não quero dar spoilers. Esse é o terceiro livro da trilogia e há um bom caminho a percorrer até aqui se você ainda não leu nenhum dos livros. O que eu posso dizer é que você não vai absolutamente se arrepender de dar uma chance à essa trilogia. Principalmente se você curte romances intensos e distopias. Nosso trio de personagens é irrepreensível e a Tahereh Mafi tem um dom indiscutível para criar personagens complexos e completos. Juliette tem uma força incrível escondida apenas esperando para ser descoberta. Adam é um garoto com um bom coração que apenas dá umas mancadas bem feias em Incendeia-me; mas até chegar aqui você vai gostar dele, muito provavelmente. E Warner vai se tornar apenas um dos seus vilões preferidos; realmente, ele é o máximo!

 

 

“É um beijo pesado e inacreditável.
É o tipo de beijo que inspira estrelas a subirem ao céu e iluminarem o mundo. O tipo que demora para sempre e não demora tempo algum. As mãos dele estão segurando minhas bochechas e ele se afasta apenas para me olhar nos olhos e seu peito está arfando quando ele diz ‘eu acho’, ele diz, ‘que meu coração vai explodir’ e eu desejo, mais do que nunca, saber como guardar momentos assim e revisitá-los para sempre.” (pág. 299)

 

Apenas leia. A trilogia vai encantar você, eu juro! A narrativa da autora é um máximo, o enredo foi muito bem desenvolvido e a série com certeza fecha com chave de ouro, com todos os nós bem amarrados. O final é intenso e quase triste demais; mas triste com aquela esperança de que é possível recomeçar depois do caos. Você vai chorar, vai rir e vai chorar de novo. A autora consegue mesmo criar esse tipo de sentimento com sua narrativa poética, gostosa, diferente e irresistível! Suas metáforas são lindas e você vai se encantar por cada trechinho, por cada frase, por cada palavra!

 

Se você ainda não entendeu o que eu quero dizer: eu recomendo essa série de olhos fechados. LEIA!

Compartilhe:
Você vai gostar de ler também:
Post escrito por:

24 anos, interior de São Paulo. É formada em Engenharia Civil e atualmente cursa pós-graduação em Arquitetura de Interiores. Criou o Casinha Arrumada para falar das coisas que mais ama e compartilhar histórias. É apaixonada por decoração, livros, músicas e séries de TV. Siga nas redes sociais: InstagramFacebookYouTubePinterest

A Escolha por Kiera Cass (A Seleção #3)

Sangue na Neve por Lisa Gardner

Escreva um comentário

9 comentários para “Incendeia-me por Tahereh Mafi (Estilhaça-me #3)”

  1. 26/06/2014 às 01:57

    Amei demais a sua resenha, e ainda não conhecia esse livro! Fiquei com vontade de ler só porque você falou bem da narrativa do livro. hehehe

    http://www.nahboa.com

    • 27/06/2014 às 14:57

      Puxa, leia! A série é mesmo muito legal e a narrativa da autora é muito diferente e gostosa! Ela usa muitas metáforas bacanas, sabe? 🙂 Eu amei a trilogia!

  2. 26/06/2014 às 17:48

    a autora estourou, mas confesso que não sei se daria uma chance aos livros dela!
    ainda tenho um pé atrás com a distopia!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    • 27/06/2014 às 15:07

      Essa distopia é legal, Thaila! Eu gostei, pelo menos! 🙂

  3. 26/06/2014 às 22:12

    Ai Inara, você já leeeeeeu! Tá todo mundo lendo e eu PRE-CI-SO ler também! Adoro a narrativa da Tahereh por que ela é uma verdadeira poeta. Quando li Liberta-me fiz várias orelhas no livro pra marcar as páginas que tinham textos e diálogos que me fizeram parar e refletir sobre aquilo, hahaha.
    Super beijo!
    http://dolcesabato.blogspot.com.br

    • 27/06/2014 às 15:08

      Concordo demais! Eu adoro o trechinho da gota de chuva! (rs) O primeiro livro é mais assim, nos outros ela dá uma diminuída nas metáforas, mas ainda assim são lindos! 🙂

  4. 27/06/2014 às 00:52

    Esse livro é tãão bom..
    Ah… Warner <3

    • 27/06/2014 às 15:09

      Ah… Warner <3 (2) Entendo perfeitamente! hehehehehehe

  5. 15/07/2014 às 16:55

    Oi
    Eu sou portuguesa e não encontro essa saga em portugues
    Alguem mos pode enviar?
    [email protected]