Sociedade dos Meninos Gênios por Lev Ac Rosen

 

Título Original: All men of genius
Autor: Lev Ac Rosen
ISBN: 978-85-8163-279-7
Editora: Novo Conceito
Tradução: Henrique Monteiro
Páginas: 544
Leia o 1º capítulo.

 

Sociedade dos Meninos Gênios, escrito por Lev Ac Rosen e lançado no Brasil pela editora Novo Conceito, foi a minha primeira experiência com o gênero Steampunk e tudo o que eu posso dizer é que fiquei encantada, espantada e apaixonada por esse mundo todo novo que o autor criou, traçando o retrato da sociedade vitoriana de uma maneira completamente divertida e assombrosa, em um livro recheado de humor, diversão, aventura e magia, enquanto, de um modo pitoresco mas sincero e eloquente, critica os preconceitos de gênero e principalmente o lugar da mulher na sociedade.

 

 

O livro segue Violet Adams, uma dama completamente à frente de seu tempo. Ao invés de se preocupar com as roupas da moda e outras futilidades, ela ocupa o seu tempo com as suas invenções. Inteligente, curiosa e apaixonada pela ciência, o grande sonho de Violet é frequentar a Faculdade de Ilyria, um dos centros científicos mais renomados da época. O único problema é que garotas não são permitidas. O fato de não poder nem mesmo concorrer à uma das vagas deixa Violet ultrajada, afinal, ela é muito mais inteligente e criativa do que muitos homens de sua época.

 

É por isso que ela ousa elaborar um plano perigoso, com grandes chances de dar errado. De cabelo cortado e trajada de homem, Violet assume a identidade de seu irmão, Ashton, um dândi afetado apaixonado por festas que não dá a mínima para a ciência. Apesar de tudo, Ashton tem um grande coração e por isso aceita fazer parte do plano mirabolante de Violet, mesmo achando que tudo aquilo resultará num grande escândalo. É assim que ela consegue ingressar na faculdade, juntamente com o amigo de ambos, Jack Feste, que promete guardar o seu segredo e fazer o possível para que Violet não seja descoberta, pelo menos não até o fim do ano, quando ela pretende revelar a verdade na Feira de Ciências e provar, de uma vez por todas, que as mulheres são tão capazes quanto qualquer homem.

 

Mas não será assim tão fácil passar um ano vestida de homem e tentando esconder a sua feminilidade. Em Ilyria, Violet faz amigos incríveis e passa por situações engraçadas e algumas vezes perigosas. Ela também se aproxima de Cecily, a neta do atual Duque de Ilyria, e que, sem saber que Violet é Violet, acaba se apaixonando por ela. Mais difícil ainda é manter o disfarce quando ela está perto do próprio Duque, Ernest

 

 

A Sociedade do Meninos Gênios é incrível assim, do começo ao fim. O livro é mesmo enorme, mas não me cansou em nenhum momento. Eu simplesmente adorei a narrativa de Lev Ac Rosen e mergulhei na aventura de Violet sem pensar em qualquer outra coisa. A parte “científica” do livro é bastante bizarra, mas por isso mesmo engraçada. Ilyria é simplesmente incrível com seus porões secretos, segredos inimagináveis e invenções que não dão certo e acabam por arrancar metade do traseiro de um dos professores. Ou seja, prepare-se para rir, se emocionar e ser cativado por cada linha escrita.

 

Durante todo o livro, é evidente a preocupação do autor de tratar sobre os preconceitos de todos os gêneros, não apenas a luta das mulheres por um espaço na sociedade. O irmão de Violet, Ashton, é homossexual e precisa esconder essa “condição” do resto do mundo, afinal, se a sociedade londrina souber de sua condição, ele seria apenas renegado ao ostracismo ou até mesmo preso.

 

 

Além disso tudo, todos os personagens foram muito bem criados e delineados. Difícil dizer que não gostei de algum deles. Os amigos de Violet, Drew, Miriam e Toby, são extremamente engraçados e cativantes. Cecily é a garota mais sortuda do mundo (pelo menos na visão de Violet), por poder frequentar Ilyria por ser prima do Duque. Mas ela também é uma menina doce e inteligente e logo ela e Violet se tornam grandes amigas, o que Cecily acaba por acreditar ser amor, por pensar que Violet é um menino. E o Duque… ah, O Duque. Não há como não se apaixonar por ele, apesar de tudo. Um homem astuto e inteligente que foi a vida toda renegado e subjugado pelo pai, que não dava a ele crédito o suficiente. Ele logo se encanta por Violet quando a vê pela primeira vez (quando ela ainda se veste como uma mulher), e por isso acaba se envolvendo com o alter ego de Violet, acreditando ser capaz de captar alguma coisa da essência dela no irmão. Sem saber que diante dele está a própria Violet, sem entender esse estranho sentimento por um outro homem, coisa que ele nunca sentiu na vida. Essa situação garante muitas risadas e situações constrangedoras para ambos, acredite!

 

 

E o final… Apesar de um pouco corrido, não decepciona. Não mesmo! No fim, o que tenho para dizer para você é: gêmeos, invenções malucas e sociedade vitoriana! Não tem como não amar esse livro! Leia, leia, leia! Já!

Compartilhe:
Você vai gostar de ler também:
Post escrito por:

24 anos, interior de São Paulo. É formada em Engenharia Civil e atualmente cursa pós-graduação em Arquitetura de Interiores. Criou o Casinha Arrumada para falar das coisas que mais ama e compartilhar histórias. É apaixonada por decoração, livros, músicas e séries de TV. Siga nas redes sociais: Instagram - Facebook - YouTube - Pinterest

Jogos Vorazes por Suzanne Collins

Estilhaça-me por Tahereh Mafi (Estilhaça-me #1)

Escreva um comentário

2 comentários para “Sociedade dos meninos gênios por Lev Ac Rosen”

  1. 01/04/2014 às 20:02

    Oi Inara, o livro é muito bom mesmo, tive bons momentos com ele. aumento o coro com você, leiam!
    Bjs, Rose.

  2. 02/04/2014 às 17:12

    Inara ainda não li esse livro, ele não me despertou curiosidade!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/