O banheiro é um dos ambientes da casa mais propensos à proliferação de bactérias e germes, mas algumas atitudes simples podem ajudar a evitar a proliferação de bactérias no banheiro, como fechar a tampa do vaso sanitário ao dar descarga e manter o ambiente sempre bem ventilado.

 

 

1. MANTENHA O BANHEIRO SEMPRE BEM VENTILADO

 

Procure manter as portas e as janelas do banheiro sempre abertas, já que deixar o banheiro fechado impede a circulação do ar e contribui com o acúmulo de umidade no banheiro, o que favorece o aparecimento de bolor nas paredes. É importante manter o ar circulando, principalmente após o banho.

 

2. FECHE A TAMPA DO VASO SANITÁRIO AO DAR DESCARGA

 

Trata-se de uma dica simples, mas realmente importante. Ao dar descarga com a tampa do vaso aberto, você permite que gotículas de água sejam lançadas no ambiente carregadas de bactérias fecais. E as gotículas podem ir parar diretamente no rolo de papel higiênico e nas escovas de dente, se estiverem sobre a pia.

 

 

3. TROQUE AS TOALHAS REGULARMENTE

 

A toalha de rosto, sendo compartilhada por diversas pessoas, deve ser trocada a cada dois dias, no máximo. As toalhas de banho, por sua vez, podem ser trocadas pelo menos uma vez por semana.

 

Além disso, o ideal é pendurar as toalhas no varal após o banho, ao invés de pendurá-las em um gancho no banheiro, uma vez que assim elas não secam completamente e a umidade pode acabar favorecendo o mofo e o desenvolvimento de bactérias.

 

 

4. GUARDE AS ESCOVAS DE DENTE DA MANEIRA CORRETA

 

Ao contrário do que todo mundo pensa, guardar as escovas de dente dentro do armário da pia não é a melhor opção. Isso porque o ambiente fechado impede que a escova seque rapidamente e a umidade acaba favorecendo a proliferação de germes e bactérias.

 

O ideal é guardar as escovas na posição vertical, em local bem ventilado, impedindo que uma escova entre em contato com a outra. Além disso, as escovas devem ser trocadas a cada três meses, no máximo, no caso dos adultos, e a cada um mês, no máximo, no caso das crianças.

 

 

5. TROQUE A ESPONJA DE BANHO REGULARMENTE E PREFIRA O SABONETE LÍQUIDO

 

A esponja de banho é um dos locais favoritos das bactérias e germes do banheiro, uma vez que acumulam água e sabão. A dica aqui é trocar a esponja regularmente, a cada 15 dias, pelo menos. E no caso do sabão, é preferível usar o sabonete líquido ao invés do sabonete em barra.

 

 

São atitudes simples que ajudam você a manter o banheiro sempre limpo e evitar a proliferação de germes e bactérias no banheiro!

 

Além disso, lembre-se de manter maquiagens e remédios longe do banheiro, uma vez que a umidade presente no ambiente pode acabar alterando as características dos produtos!

 

Veja mais dicas de limpeza.

Usar almofadas para decorar a casa é uma das maneiras mais simples de deixar o espaço mais aconchegante, bonito e até… divertido. A seleção de hoje é de almofadas fofas e divertidas que você pode usar para decorar a sala ou o quarto e ainda deixar a decoração da sua casa muito mais estilosa!

 

 

1. Almofada Tissy Pug Cinza

2. Almofada Happy Azul

3. Capa de almofada Girls Fun and Relax 

4. Almofada Cocozinho Emoji

5. Almofada Instagram

6. Almofada Little Hearts Branca

7. Almofada Porta Pipoca e Copos Cidades Invisíveis

8. Almofada Decorativa Beer

9. Almofada To The Moon

10. Almofada Photoshop Convencido

11. Almofada Doritos

12. Almofada Tic Tac

13. Almofada Cactos

14. Almofada Cat Glass

15. Almofada Angry Games

 

E aí, quais as favoritas de vocês? Eu amei a número 1, a número 6, a número 7 e a número 13! Lindas demais, né? 🙂

 

Veja mais sobre compras.

Olá, pessoal! Aqui é a Josy e hoje vamos falar sobre um dos meus temas favoritos: livros! Trouxe para vocês algumas indicações de livros incríveis que li recentemente e espero muito que vocês gostem! Vamos lá?

 

● Leia também:

Livros que toda mulher deveria ler antes dos 30 anos

 

O ÚLTIMO JURADO – John Grisham

 

 

Esse livro foi indicação de um dos meus professores da faculdade (sim, eu estudei Direito, gente!), mas confesso que na época não dei muita atenção, afinal, era tanta coisa para ler e estudar que anotei o nome do livro e do autor em uma agenda e acabei esquecendo de procurar por ele. Mas recentemente tive a oportunidade de ler O Último Jurado novamente e fiz isso em menos de uma semana!

 

A história chamou a minha atenção pois consegue unir elementos que eu amo: direito, contos de épocas passadas, um amante das artes escritas e, claro, um bom mistério.

 

O livro é narrado por Willie Traynor, um jovem de 23 anos que compra o quase falido jornal Times no Estado do Mississippi e não tem grandes pretensões com o futuro do pequeno jornal semanal até que um crime brutal muda completamente sua perspectiva. Com a língua afiada e uma coragem muitas vezes confundida com estupidez, Traynor noticia todos os detalhes macabros com matérias deveras sensacionalistas, o que faz seu jornal prosperar e sua fama crescer entre os habitantes do pequeno condado de Clanton.

 

O ponto alto do livro ocorre durante o julgamento de Danny Padgitt, membro de uma notória e misteriosa família, que culmina em um fim surpreendente e emocionante.

 

Paralelamente ao caos desse julgamento, Willie conhece alguns personagens marcantes que acabam por se tornarem seus grandes amigos e dar bossa à história.

 

Embora não tenha uma linguagem muito simples (a primeira edição foi escrita em 1938), é um livro que mesmo assim vale a pena ser apreciado! Vocês conhecem? Eu gostei bastante!

 

A PERSEGUIÇÃO – Sidney Sheldon

 

 

Fazia algum tempo que eu não lia nada de Sidney Sheldon e minha escolha não poderia ter sido melhor. Em A perseguição, Sheldon faz uma narrativa frenética e emocionante para contar a saga de Masao, único herdeiro do império Matsumoto, que usa toda sua inteligência e coragem para tentar salvar sua vida.

 

Só posso tecer comentários positivos a esta obra, pois, além de ser muito bem escrita, traz uma linguagem leve e fácil de acompanhar, que nos faz devorar o livro em pouco tempo.

 

ENCANTO SEDUTOR – Carol Marinelli

 

 

Eu também gosto de ler romances água com açúcar! (rs) Confesso que quando era mais nova tinha, sim, um grande preconceito com livros desse tipo. Mas hoje em dia, sempre gosto de ter um desses em mãos para os dias de abstinência literária (aqueles dias que não tenho mais nada para ler e fico louca a procura de uma nova história, sabe? Leitores compulsivos como eu vão entender!).

 

Nesta obra de autoria de Carol Marinelli, publicada pela Harlequin, vemos o desenrolar do caso de amor quase impossível de Lavander Kolovsky (um multimilionário russo, lindo, sexy e extremamente sombrio) e Millie Andrews (uma artista em começo de carreira).

 

Millie está prestes a voltar para casa depois do fiasco que foi sua primeira exposição de artes, quando o destino se encarrega de uni-la ao homem mais incrível que ela já tinha conhecido na vida. Mas o que era para ser um amor de uma noite transforma suas vidas para sempre, quando após algumas semanas ela descobre que está grávida! Pronto! Está armado o cenário perfeito para muita confusão, troca de acusações e o desenrolar de um sentimento novo e desconhecido para ambos!

 

“Surpreendente” é a palavra que melhor descreve esse livro! Cheio de altos e baixos, ele conseguiu me cativar do início ao fim!

 

A GAROTA DO CALENDÁRIO – Audrey Carlan

 

 

A série de livros A Garota do Calendário, de autoria de Audrey Carlan, é composta por 12 livros, e tornou-se rapidamente um fenômeno editorial e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal.

 

A história gira em torno de Mia, uma garota acostumada desde muito cedo a cuidar de si mesma e de sua família. Após sofrer algumas decepções amorosas, ela decide fechar seu coração para o amor, afinal, a última coisa que ela precisa no momento é se apaixonar, pois vai precisar manter a cabeça no lugar para resolver mais uma confusão do seu pai.

 

A história começa com Mia tendo que aceitar o novo emprego de acompanhante para juntar dinheiro o suficiente para pagar uma dívida de jogo milionária de seu pai com um agiota, que por acaso é seu ex-namorado super perigoso. Mas ela não é qualquer tipo de acompanhante nem uma prostituta. Seu trabalho consiste em passar um mês com cada cliente. Doze meses, dozes cidades, doze homens.

 

Não se assustem: o livro tem, sim, uma linguagem apimentada e quente, mas nada vulgar. As narrativas das cenas mais ousadas me lembrou muito as dos livros da série Cinquenta Tons de Cinza.

 

O que mais me chamou a atenção nessa série foi como a personagem vai crescendo e amadurecendo a cada livro. O que começou como um trabalho que tinha tudo para ser péssimo, se torna uma grande jornada e vai acrescentando pessoas e experiências maravilhosas a vida de Mia.

 

Sim, eu poderia ter escrito uma resenha detalhada sobre cada um dos livros, mas acho muito mais válido fazer um aparato geral e contar somente pequenos detalhes. Para mim isso deixa os livros mais fascinantes, vocês não acham?

 

Janeiro em Malibu como acompanhante do roteirista Wes. Fevereiro em Seattle como musa inspiradora do pintor Alec. Março em Chicago como namorada de mentira do empresário Anthony. Abril em Boston como namorada do astro do beisebol Mason. Maio como modelo no Havai onde conhecerá Tai. Junho em Washington como namorada do senador Warren. Julho como atriz principal em um clipe do cantor de hip-hop Anton. Agosto em Dallas fingindo ser irmã do jovem magnata e caubói Max. Setembro de volta para Las Vegas, sua cidade natal, para cuidar de emergências familiares e lidar com seu ex-namorado agiota. Outubro ela tem a oportunidade de dar uma direção para sua carreira em um programa de televisão. Novembro em Nova York. E em dezembro Mia irá a Aspen.

 

Bem, gente, vocês já leram essa série? O que acharam? Eu gostei bastante e indico muito!

 

 

Espero que tenham gostado das indicações de hoje! Beijos e até a próxima! 🙂

 

Veja mais dicas de livros.

Páginas12345... 329»